Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006

O fenómeno

Daquilo que aconteceu no Aldebarã naquela tarde, não há memória anterior. Nem os misteriosos bilhetes anónimos, nem a ameaça da presença de um tal Erre Manesse, nem Milena brincando com o bilboquê de James Joyce... nada, nadinha teve impacto igual àquilo que se passou, naquela dia, no Aldebarã.
A tarde corria prazenteira com James Joyce e Virgínia Woolf jogando uma partida de poker, Paulinho Assunção assistindo, e o inspector Quaresma, passeando, para cá e para lá, embevecido, de mãos dadas com mais uma moça que todos desconheciam. Fernando Pessoa, depois da insubordinação de Quaresma, havia-se refugiado na Montanha Mágica de Thomas Mann e, agora, ainda de ego ferido e minguado, mas, significativamente, mais calmo, descansava sobre o ventre de Cida La Lamp, que deitada numa espreguiçadeira, discutia as novas tendências literárias com Camões e Mann. Estes entregavam-se a divagações sobre os benefícios da literatura light, muito mais saudável antes de dormir, assegurava Camões, ao contrário dos clássicos, mais pesados e difíceis de digerir a essa hora do dia. Thomas Mann defendia, ainda, os escritores novos, porque são encantadores, dizia, tão cheios de talentos e graça, defendia afincadamente. Hemingway veio juntar-se ao grupo, adepto das novas escritoras, gabando Margarida Rebelo Pinto, - que estilo, meu Deus!, exclamava - , a inteligência de Inês Pedrosa e o humor de Sofia Bragança Buchholz.
A certa altura todos pararam. Cristalizaram no que estavam a fazer ou dizer, concentrando-se no que se passava, mais parecendo que jogavam a um jogo de crianças. Virgínia Woolf com os dados prontos para efectuarem a trajectória até à flanela da mesa; Quaresma com os lábios colados à pele macia do pescoço da moça desconhecida; Mann de dedo em riste na direcção de Camões… e assim por diante, todos petrificados, como estátuas, antigas. Até a nuvem que passava em frente ao sol nesse instante, parece ter paralisado, de tão escuro que se pôs o dia, de tão frio que se tornou o vento que, soprando cada vez mais forte, anunciava um violento e assustador fenómeno. [Continua] [
SBB]

Nota: O Bar Aldebarã é um projecto e ideia única e exclusivamente da autoria e responsabilidade dos escritores Manuel Jorge Marmelo e Paulinho Assunção, sobre o qual eu, com o conhecimento e consentimento dos autores, volta e meia, divago.
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 04:18
link do post | comentar | favorito

ver perfil

seguir perfil

. 9 seguidores

Espelho meu...

Nome: Eterna Descontente
Local: Lua, Mundo da Lua
eternadescontente@gmail.com

O meu alter-ego:
Sofia Bragança Buchholz

© Reservados todos os Direitos de Autor. Todos os textos, excepto quando devidamente assinalados, são da autora e a sua reprodução encontra-se interdita.

Era uma vez...

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Novembro 2017

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Fevereiro 2015

Novembro 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

pesquisar

subscrever feeds