Domingo, 31 de Agosto de 2008

Filhos da mãe

Joaquín Cortés e N. Campbell

Quase no fim do espectáculo fantástico [e longo! – pensei que, por ser de borla, ia ser uma amostrinha] que foi o de ontem, Joaquín Cortés diz que quer desejar a actuação dessa noite à mãe. Atrás de mim, logo uma rapariga exclama sarcasticamente para a amiga:
– Pois! Giros e bons e… filhos da mãe, claro!

[também postado
aqui]
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 15:00
link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Agosto de 2008

Bilhete Postal 1



publicado por Sofia Bragança Buchholz às 04:36
link do post | comentar | favorito

Bilhete Postal 2





publicado por Sofia Bragança Buchholz às 03:09
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Pois...



Sex and the City

a vida é demasiado curta e há coisas que nunca mudam!

publicado por Sofia Bragança Buchholz às 04:10
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

Na Caixinha de Música

Luís Represas - No Escuro

(...)
Já me perdi no passado
por insistir em querer adivinhar
o que pensavas,
que não abrias
nenhuma porta para eu entrar
.
(...)

publicado por Sofia Bragança Buchholz às 00:50
link do post | comentar | favorito

[Boa] Maldição


Há tantas vidas
sigo o cheiro
que me deixaste preso ás mãos
e me sufoca ao meio da noite
numa boa maldição


publicado por Sofia Bragança Buchholz às 00:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

Reciclar, sim, mas só até onde advêm benefícios reais para o ambiente

Tenho, na minha casa da Alemanha, uma catrefada de caixotes do lixo diferentes mas não me perguntem para o que cada um deles é. Papel, vidro e embalagens, ainda chego lá, mas a coisa complica-se quando se trata de lixo biológico, lixos grandes, lixo normal, lixo do jardim, lixo metálico, lixo electrónico grande, lixo electrónico pequeno, e assim por diante. Ainda há uns tempos, com uns collants rasgados na mão, pasmei para os caixotes interrogando-me: onde diabo ponho esta porcaria? Sendo meias de vidro, quase estive, ironicamente, para as colocar no vidrão. Ora, bolas, é que me chateia ter constantemente de perguntar (ou verificar num complexo manual) onde colocar as coisas, como me chateia ainda mais a ideia de que existe uma espécie de “Pide do lixo” que fiscaliza os meus hábitos domésticos e me penaliza se erro. Sim, é que mesmo com os salários elevados que lá se pagam o Estado digna-se a remunerar alguém para remexer no meu lixo! Bem sei que para pagar esta tarefa contribuo – eu e todos os outros residentes – monetariamente com uma taxa anual fixa, mais uma variável por quilo de espécie de lixo (o biológico é o mais barato, o resto é sempre a subir). Inspeccionam contentores, avaliam sacos de plástico e ditam sentenças conforme os casos. Uma verdadeira maluqueira!
O lobby Verde é, na Alemanha, poderosíssimo e hipnotiza a opinião pública sedenta de regras. Toda a gente sabe que a separação manual do lixo tem os dias contados e que dará lugar à automática, mas os Verdes continuam a achar que é fundamental – e só a expressão já me assusta – “educar” o povo. Tão preocupados que estão com o ambiente, os alemães deixam de pensar com lucidez. Separam fundalisticamente o lixo para no fim do processo, a grande parte das vezes, este vir a ser novamente unido e queimado em conjunto. Patrocinam uma indústria poluente de saquinhos de plástico e contentores coloridos para o acondicionar, uma outra de reciclagem de embalagens de que já existem indícios de ser mais poluente do que se tal não existisse: lavar, tratar, limpar embalagens gasta quantidades exorbitantes de recursos preciosos como água, suja enormemente o ambiente, polui-o ainda mais. Isto já para não falar do que se refere ao parque automóvel, que insistem em não deixar chegar até ao fim da vida útil, alegando que não possuem filtros nem mais não sei o quê, esquecendo-se de que produzi-los implicam muitíssimos mais custos ambientais e financeiros.
Bem sei que estou a falar da Alemanha, mas preocupa-me que o nosso país, sempre a reboque da Europa, corra o risco de para lá caminhar. É que, quando acabam os benefícios reais para o ambiente para passarem a prevalecer os valores ideológicos, passo a discordar das políticas ambientais: reciclar, sim, é bom até certo ponto. A partir daí deixa de ser um benefício fundamental para o ambiente para passar a ser apenas um valor ideológico tantas vezes ao serviço de poderosos interesses económicos.

[Também postado
aqui]
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 24 de Agosto de 2008

Para ver estes abdominais despirem-se assim…


… até eu vou para o meio das chanatas no dia 30!
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 20:29
link do post | comentar | favorito

Para ver estes abdominais aos saltinhos…



… até eu vou para o meio do maralhal no dia 30, ora!
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 20:28
link do post | comentar | favorito

"Grande Porto" cultural


Primeiro, foi o Herbie Hancock nos Jardins do Palácio de Cristal, de borla. Agora, o Joaquín Cortéz na marginal de Matosinhos. Ou estão todos em saldo, ou as câmaras estão ricas. Who cares? Nós agradecemos!
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 20:22
link do post | comentar | favorito

O 31 da Armada na outra margem


O 31 da Armada pediu e o Partido Comunista Português autorizou. Voltam as emissões especiais com a emissão mais especial de todas: "o 31 na outra margem". Dia 5, 6 e 7 de Setembro o 31 da Armada na Quinta da Atalaia. A não perder no blog 31 da Armada, claro.
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 16:16
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Pois...


Sex and the City
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 04:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

21 camelos, 9 cabras e 9 ovelhas...

é quanto eu valho! Ora bolas, chega uma pessoa de férias e depara-se com uma avaliação destas! Esperam lá... 21 camelos?? Vinte e um??! Ena, nem eu imaginava que valia tanto!

Quantos camelos vale a sua namorada?

[Via, Rodrigo, no 31 da Armada, claro]

publicado por Sofia Bragança Buchholz às 00:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Há dias assim...

© Foto: ? / Na foto: Ana Beatriz Barros
... e cá vou eu!
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 22:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sim, tu!...

Sempre soubeste que, para mim, és o abismo. Sempre soubeste que, para mim, és o céu colorido a violentas pinceladas de cor. Sempre tiveste a certeza que, para me teres, bastava estalares os dedos [como fizeste]. Porque eu voltaria [como vou voltar!]. Até já [Meu Amor].
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 21:54
link do post | comentar | favorito

Espelho meu...

Nome: Eterna Descontente
Local: Lua, Mundo da Lua
eternadescontente@gmail.com

O meu alter-ego:
Sofia Bragança Buchholz

© Reservados todos os Direitos de Autor. Todos os textos, excepto quando devidamente assinalados, são da autora e a sua reprodução encontra-se interdita.

Sofia Bragança Buchholz

Era uma vez...

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Fevereiro 2015

Novembro 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

pesquisar

subscrever feeds