Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Eu hoje vou deitar-me assim....

Gustav Klimt - O Abraço

Abraçada a ti, Meu Amor [e, nos meus braços [tu sabes], nada de mal te poderá acontecer, porque - qual mãe zelosa - te protegerei!].
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 02:35
link do post | comentar | favorito

Na Caixinha de Música

David Bowie - Wild Is The Wind

"(...)
You touch me, I hear the sound of mandolins
You kiss me
With your kiss my life begins
You're spring to me, all things to me
Don't you know, you're life itself!
(...)"
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 02:02
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Julho de 2008

Eu hoje vou deitar-me assim...

© Foto: ? / Na foto: Sarah Jessica Parker e Chris Noth para Vogue

Novamente à tua mercê, Meu Amor.
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 00:25
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Parem!

Parem tudo!:
Desliguem os telefones, impeçam o grilo de cantar, ponham na rua os convidados, mandem lá para fora as crianças. Suspendam o trabalho, suprimam as refeições, anulem os compromissos, cancelem as minhas obrigações.
Não façam barulho!
Não falem comigo!
O Meu Amor voltou, e o meu mundo agora é ele!
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 19:30
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Julho de 2008

Sobre o Caminho: Se...

Imagem retirada daqui

E se já não és o mesmo? Se já não tens o mesmo cheiro? Se as linhas das tuas mãos já não encaixam nas minhas; se já não bailam em sincronia? Se os teus olhos brilhantes se tornaram baços e os teus cabelos ébanos clarearam? Se o teu sorriso já não é igual, nem são macios os teus lábios? Se o teu sexo não cabe no meu, nem o teu raciocínio me acompanha?!

É que a vida, Meu Amor, ensinou-me a não confiar nos homens, e a experiência, a não acreditar em ti.
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 05:02
link do post | comentar | favorito
Sábado, 5 de Julho de 2008

Eu hoje acordei assim...™

© Foto: Ellen Von Unwerth/ Na foto: Dorota Wajcik

Um nadinha descomposta, mas feliz.
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 16:03
link do post | comentar | favorito

Na Caixinha de Música

Amy Winehouse - Will you still love me tomorrow
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Do Amor


JULIETA — Já foste?, meu senhor, meu Amor, meu amigo!
De ti, quero saber a todas as horas, porque um minuto encerra muitos dias.
Oh!, visto assim, ficarei velha antes de voltar a ter o meu Romeu.

ROMEU — Adeus! Não deixarei passar um só momento sem te mandar contar do meu amor.
JULIETA — Oh! pensas mesmo que voltaremos a ver-nos?

ROMEU — Não o duvido; e todas estas angústias servirão ainda para doces conversas no tempo em que ficaremos juntos.


Romeo & Juliet, Acto III, Cena V.
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 05:24
link do post | comentar | favorito

Oh...

Coitadinho!
 
 
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 00:56
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

... 820!

publicado por Sofia Bragança Buchholz às 17:59
link do post | comentar | favorito

Eu hoje acordei assim...™

Lisa Ekdahl - I will be blessed
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 15:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

Tomás, o Mister Desmotivador

Personagens:
• Tomás, 10 anos
• Simão, 7 anos
• Catarina, 11 anos
• Eu (isso, agora, não interessa mesmo nada)

Cenário:
Ontem à noite, num relvado de um campo de futebol de um conhecido colégio da cidade, eu jogava heroicamente futebol com três crianças.
Às páginas tantas, já o coração parecia querer saltar-me a galope pela boca, tal o esforço que o exercício me exigia, dobro-me, apoio as mãos nos joelhos e, ofegante, informo resignada:

Acção:
– Desisto! Já estou velha para isto!
O meu sobrinho mais velho, sempre cordial e amigo – mas também consciente de que a equipa se desmoronava e que lá se ia a brincadeira – incentiva-me:
– Vá lá, não desistas! Tu jogas muito bem!...
Lisonjeada, levanto a cabeça numa derradeira tentativa de continuar, mas, o argumento – supostamente encorajador – que se segue, cai sobre mim como um balde de água fria, fazendo-me definitivamente resignar da minha posição de avançado:
– … tu jogas, quase, tão bem como o meu pai!
É que não estão a ver o meu cunhado, um fumador incorrigível, com uns bons valentes quilos a mais, nada dado a actividades físicas e que de desportivo, meus caros leitores, só tem o BMW descapotável na garagem.

[Também postado aqui]
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 19:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Senhores leitores...


Pedimos desculpa por esta interrupção, mas este blog encontrou-se em catarse sentimental.
A programação normal segue – se bem que intermitente – dentro de momentos.
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 19:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Há tardes assim...



© Foto: ? / Na foto: Sarah Jessica Parker e Chris Noth
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 18:13
link do post | comentar | favorito

Saudades...

E tu? Como estás tu, aí desse lado onde não te sabia?

Sabes, seria tão bom ouvir-te as palavras... Sentir-te o toque; o cheiro da pele; a textura dos cabelos azeviches… mas não sei como encontrar-te.
Tenho saudades, creio que me farto de repeti-lo à Lua…

Tu, nunca foste porto de abrigo! Foste o mar alto, profundo e agitado, que me atraiu sempre, e me tenta – sim, ainda me tenta –, por ser tão inevitável perder-me na Tua tormenta, no teu abismo.

Como estás tu?
Gostar de saber de ti é mais forte do que eu. Esta vontade prende-se a mim, agarra-me, escraviza-me como se tivesses aberto sulcos nas minhas mãos, e criado novas linhas, que abrem outro destino dentro do destino que desconheço.

Tenho saudades, e agora sabes isso, mais ainda do que sempre soubeste, Meu Amor.
 
tags:
publicado por Sofia Bragança Buchholz às 17:44
link do post | comentar | favorito

ver perfil

seguir perfil

. 9 seguidores

Espelho meu...

Nome: Eterna Descontente
Local: Lua, Mundo da Lua
eternadescontente@gmail.com

O meu alter-ego:
Sofia Bragança Buchholz

© Reservados todos os Direitos de Autor. Todos os textos, excepto quando devidamente assinalados, são da autora e a sua reprodução encontra-se interdita.

Sofia Bragança Buchholz

Era uma vez...

Agosto 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Fevereiro 2015

Novembro 2014

Abril 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

pesquisar

subscrever feeds